Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

sexta-feira, outubro 20, 2017

Tomás Roquette - Entrevista Exclusiva - Parte 2







Na segunda parte da entrevista, Tomás Roquette fala sobre o Field Blend do Douro e sobre o projeto Roquette & Cazes, em parceria com a família proprietária do Château Lynch Bages em Bordeaux.


quinta-feira, outubro 19, 2017

Tomás Roquette (Quinta do Crasto) - Entrevista Exclusiva - Parte 1




Primeira parte da entrevista exclusiva com Tomás Roquette, da Quinta do Crasto.
Ele começa falando do sucesso dos vinhos do Crasto e termina falando sobre o Field Blend do Douro.
Assista o vídeo:


 

quarta-feira, outubro 18, 2017

Quinta do Crasto - Parte 8 - O músico motorista





Depois de subir a encosta do douro, o motorista franzino virou um gigante.
Graças a uma sanfona.



terça-feira, outubro 17, 2017

Quinta do Crasto - Parte 7 - Subindo a encosta do Douro






Subindo a encosta do Douro, na Quinta do Crasto.
Imagens da grandiosidade da região, com as encostas cheias de vinhas velhas nos terraços e o Rio Douro ao fundo.



segunda-feira, outubro 16, 2017

Quinta do Crasto - Parte 6 - Barricas especiais.







Tomás Roquette mostra barricas especiais e raras, para os vinhos mais importantes da Quinta do Crasto.



sexta-feira, outubro 13, 2017

Quinta do Crasto - Parte 5 - Modernidade na adega, valorização das mulheres e a Vinha Maria Teresa.






Cubas com temperaturas controladas por computador, prensas de última geração, salários iguais para homens e mulheres e a vinha Maria Teresa. A vinha é centenária, tem 49 variedades misturadas e dá origem ao ícone Quinta do Crasto Maria Teresa, um dos vinhos mais importantes de Portugal.



 

quinta-feira, outubro 12, 2017

Importadora investe nos Bag in Box. Só italianos.






A Enoteca di Itália, sabe que investir nos Bag in Box é lutar contra o preconceito que o brasileiro tem contra qualquer tipo de embalagem que não seja a garrafa tradicional.
O Bag in Box tem uma série de vantagens quando se trata de vinhos para o dia a dia.
Em primeiro lugar o preço.
O custo é menor, já que numa única embalagem está o líquido que precisaria de 4 garrafas.
A conservação é a melhor parte.
Quem não consegue beber uma garrafa inteira, e sabe que o preço das meias garrafas são muito caros, pode ir tomando sua tacinha por até 60 dias, sem que o vinho sofra alterações.
Eu provei os vinhos: Branco, Tinto, Nebbiolo, Soave, Pinot Grigio, Bardolino...




Aprovei com mérito o Bardolino Chiaretto, um vinho de cor casca de cebola, rosado bem claro, com boa acidez, fresco e aromático. Notas de frutas vermelhas e um toque herbáceo.
88 pontos.
Preço: 239 reais para o equivalente a 4 garrafas (3 litros ou cerca de 60 reais se fosse garrafa).
Importador: https://www.enotecaditalia.com.br/

quarta-feira, outubro 11, 2017

Quinta do Crasto - Parte 4 - Tomás Roquete faz mágica com fogo dentro dos lagares.




Sabe o que acontece quando o fogo chega perto de um lagar que acabou de fermentar as uvas?
Assista o vídeo:



terça-feira, outubro 10, 2017

Quinta do Crasto - Parte 3 - Field blend e leveduras estressadas.






Em dia de colheita na Quinta do Crasto tudo acontece. Chegam caixas de uva com variedades misturadas, os lagares cheios e as leveduras estressadas.



segunda-feira, outubro 09, 2017

Quinta do Crasto - Parte 2 - Marco Pombalino







Continuando o passeio pela Quinta do Crasto, o Tomás Roquette me mostrou o Marco Pombalino que fica dentro da propriedade.



sexta-feira, outubro 06, 2017

Quinta do Crasto - Parte 1





Além dos vinhos fantásticos, a Quinta do Crasto faz parte de uma paisagem maravilhosa na nas encostas do Douro. O próprio Tomás Roquette mostrou a propriedade, que já recebeu como turistas os integrantes dos Rolling Stones e astros como o ator Harrison Ford.



 

quinta-feira, outubro 05, 2017

O enólogo David Guimaraens, plantou a primeira vinha orgânica do Douro.






O enólogo da Croft, David Guimaraens, plantou a primeira vinha orgânica do Douro para cumprir um desafio. Assista a entrevista:



 

quarta-feira, outubro 04, 2017

Cheguei num dia de Vinificação na Quinta da Roêda, da Croft.





Visitei o Porto Croft e cheguei num dia de vinificação, com o lagar com pisa mecânica funcionando e as uvas chegando.
Vale a pena ver o vídeo:


terça-feira, outubro 03, 2017

Na Porto Croft, descobrindo terroir e variedades na Quinta da Roeda.





Na Quinta da Roeda, da Porto Croft, tem um pequeno vinhedo só para estudos de variedades e terroirs. Assista o vídeo:


segunda-feira, outubro 02, 2017

Hoje um incrível passeio de Barco pelo Douro






Um convite especial da Quinta do Crasto. Conhecer o rio Douro num barco pra lá de especial, com direito a almoço e Champagne.



sexta-feira, setembro 29, 2017

Lagares de pisa e fermentação de uvas no Douro, em Portugal.





Lagares com uvas chegando, lagares com uvas fermentando, lagares com pisa mecânica, lagares com uvas fermentadas. As etapas e a tradição de Portugal.


 

quinta-feira, setembro 28, 2017

Nos vinhedos da Croft, provei um Portonic com o Porto Rosé.






Quando a Croft inventou o Pink (Porto Rosé), a polêmica estava em quase todas as bocas do Porto. O tempo passou e o rosé sobreviveu. Confesso que nunca comprei uma garrafa do Porto Rosé, mas que o Portonic feito no meio dos vinhedos estava bom, isso estava.


 

quarta-feira, setembro 27, 2017

Quando uvas maduras? O enólogo da Porto Croft ensina.





Saber se a uva alcançou a maturação completa tem os seus macetes.
Quem vai mostrar os segredos da hora da colheita é o enólogo David Guimaraens, do Porto Croft.


terça-feira, setembro 26, 2017

Turismo no Porto e uma marisqueira em Matosinhos





Uma volta rápida pela cidade do Porto e uma marisqueira fantástica em Matosinhos (cidade vizinha do Porto).


segunda-feira, setembro 25, 2017

Ponte de Lima - A Vila Mais Antiga de Portugal






Pertinho da Quinta do Ameal, está Ponte de Lima, a vila mais antiga de Portugal.


quinta-feira, setembro 21, 2017

Enoturismo - Quinta do Ameal - Travel - Portugal





Além do vinho excelente, a Qinta do Ameal, em Ponte de Lima, é uma ótima opção para enoturismo.


quarta-feira, setembro 20, 2017

Quinta do Ameal - Pedro Araújo critica a promoção dos Vinhos Verdes - Pa...





Na terceira parte da entrevista com o dono da Quinta do Ameal, ele critica a promoção dos Vinhos Verdes e fala do terroir do Meal.


terça-feira, setembro 19, 2017

Produzir vinhos de qualidade superior é o assunto - Pedro Araújo (Quinta do Ameal) - Parte 2




Produzir vinhos de qualidade numa região com esse potencial é uma escolha e uma busca constante baseada em experiências e ensaios que custam tempo e dinheiro. A busca pela qualidade é significa também muito mais trabalho, mais investimento e retorno mais lento. É sobre isso que falamos com o Pedro na segunda parte da entrevista. Com ajuda do meu amigo Pedro Mello e Souza do Jornal "O Globo".



segunda-feira, setembro 18, 2017

Quinta do Ameal - Pedro Araújo - Parte 1






O Pedro Araújo é desses caras que torcem para que a concorrência fique mais forte. Ele produz vinhos excelentes na região de Vinhos Verdes com a variedade Loureiro.
Pedro conhece bem os grandes vinhos do mundo, por isso e pelas características da região de Ponte de Lima, faz alguns dos grandes brancos portugueses.
Elegantes e longevos.


segunda-feira, setembro 11, 2017

Secret Spot 2004 - Secret Spot Wines - Douro - Portugal







Um vinho de 13 anos que se não fosse o rótulo eu não saberia a idade que tem.
A cor tem um pequeno reflexo de evolução, de resto é rubi, profundo.
No nariz tem boa intensidade aromática com as notas de cereja em compota, violeta, tâmara, tabaco, cacau...
Na boca é encorpado, suculento. Os taninos ainda bem presentes, com textura granulada e macia.
A acidez é vibrante e dá um frescor que poderia ser improvável para um vinho de 13 anos.
Sabor intenso confirmando as notas detectadas no nariz e um final longo com um toque de café.
Vinho bem equilibrado, com tudo no lugar. Tem 13,5% de álcool.
Potente e elegante.
Passou por estágio em barricas francesas e o blend é o do campo, com as uvas plantadas misturadas e fermentadas juntas como manda a tradição do Douro.
Quem tiver a sorte de ter um 2004 em casa pode abrir já ou esperar com tranquilidade por mais 5 anos, ou se preferir um vinho mais evoluído, esse é o cara para esquecer na adega...
Nota: 93


quarta-feira, setembro 06, 2017

Luca Chardonnay 2013 - Laura Catena - Mendoza - Argentina




O vinho passou 1 ano em barricas de carvalho francês novas e usadas.
No nariz já se percebe que se trata de um Chardonnay fora de série.
Tem boa intensidade aromática com notas de damasco e torta de limão e um toque floral.
Na boca é um vinho cremoso, com corpo, sabor intenso com um toque mineral, além das notas sentidas no nariz e boa acidez. 
Equilibrado, delicioso, longo.

Nota: 92
Importadora: https://www.vinci.com.br/

Conversei com a enóloga da Luca Wines, Estela Perinetti, que me falou sobre a produção deste Chardonnay.


terça-feira, setembro 05, 2017

Ladrões passam pelas catacumbas de Paris para roubar 300 garrafas de vinhos raros.





Foi na noite de 28 para 29 de Agosto.
Os ladrões roubaram 300 garrafas, avaliadas em 250 mil euros e usaram como rota de fuga, as catacumbas de Paris.
Os vinhos estavam numa residência particular perto do Jardim de Luxemburgo.
A policia ainda não encontrou os ladrões.
As catacumbas são antigas galerias subterrâneas a 20 metros de profundidade onde estão ossadas de 6 milhões de parisienses transferidas para lá no final do século 18, quando alguns cemitérios foram desativados.
Existe um circuito oficial de 2 quilômetros que podem ser visitadas, mas que representam uma parte minúscula do subterrâneo.
Apesar de ter acesso proibido, pessoas organizam festas, entrando por lugares alternativos em diversos bairros da cidade.
Tipo festa estranha com gente esquisita.
Fonte: Revue du Vin de France.

segunda-feira, setembro 04, 2017

Algumas fotos do Encontro de Vinhos Maceió






O Encontro de Vinhos aconteceu pela primeira vez em Maceió, no último sábado, dia 2, no Hotel Best Western Premier.













quinta-feira, agosto 31, 2017

Luigi Bosca - Conversa com Alberto Arizu






Uma conversa rápida com Alberto Arizu, dono da Luigi Bosca, um dos vinhos mais vendidos do mercado brasileiro.


quarta-feira, agosto 30, 2017

Colheita de uva na França é a menor desde 1945





O ano foi bem difícil.
Granizo, seca, tudo no mesmo ano.
O que conforta é que a qualidade das uvas colhidas foi excelente, fazendo com que os vinhos ganhem valor quase o que vão perder na quantidade.
A produção total de 2017 deve chegar a 37,2 milhões de hectolitros, 18% menos que 2016 e 17% menos do que a média dos 5 últimos anos, segundo o ministério da agricultura da França.
As regiões mais afetadas pelo granizo e pela seca, foram Bordeaux, Alsace e Jura, embora a Borgonha, o Languedoc e outras regiões do sul também tenham sofrido ou com o granizo ou com a seca.
A ilustração da Agência France-Presse mostra os números das últimas colheitas.

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis