Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

terça-feira, novembro 13, 2012

O MOVI (Movimento dos Vinhateiros Independentes do Chile) mostrou seus vinhos em São Paulo

Provei 4 vinhos, conheço mais 1 vinho e posso dizer que a minha aprovação foi de 100%.
Eram 21 vinhos, um de cada produtor do MOVI, mas quem conhece o trânsito em São Paulo num dia de chuva sabe que os eventos atrasam e eu como cheguei no horário acabei não conseguindo provar todos os vinhos por causa de um compromisso seguinte.


Meu preferido foi o Sofía Pinot Noir 2009, vinho da Bravado Wines, importado pela Terramater.
Vinho que tem as qualidades da Pinot Noir intactas, sem nenhum erro cometido constantemente no novo mundo com objetivo de dar mais cor e potência ao varietal.
Esse tinha os aromas típicos de framboesa, morango, groselha e especiarias trazidas pela barrica muito bem colocada.
Foram 9 meses de barricas francesas.
Na boca o vinho é equilibrado e elegante.
Tem corpo médio e um final delicioso.

O Chardonnay Qu 2011 (importado pela Berenguer Imports) também me agradou bastante.
Vinho do Valle de Molina (dentro do Valle de Curicó)
Um vinho suculento, com notas de caramelo, frutas cítricas e especiarias.
Fermentado em barrica, mas com flores e frutas bem integradas com as notas trazidas pela madeira.
No final um toque de Caramelo muito agradável.
Para mostrar a variedade que o Chile é capaz de oferecer, provei o Viña Pevmayen 2010 (sem importador no Brasil).

Um Syrah muito frutado, com notas de azeitona preta, cereja, framboesa, flores e caramelo, selou a minha impressão sobre os vinhos desses caras independentes e decididos a produzir poucos e bons vinhos.
Conversei com a Angela Mochi, que me explicou o que é o MOVI.
Veja:



0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis