Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

sexta-feira, fevereiro 15, 2013

Harmonização enomusical - Por Evelyn Fligeri


Já harmonizamos vinhos com livros, vinhos com temperos, por que não harmonizarmos vinhos com músicas?

Vamos assumir que associar vinho com música não é tarefa das mais simples e isso porque a análise de ambas surge de questões muito pessoais, altamente subjetivas. Afinal, nem sempre o cantor/compositor considerado gênio é aquele da qual você mais gosta.

Minha única experiência com harmonização enomusical foi com o vinho Amarone e a ópera Carmen, de Bizet, mais precisamente na passagem de Habanera.

A potência da música, que tem marcação acentuada e crescente, harmonizou perfeitamente com esse vinho que também tem a intensidade como característica: bastante corpo, muito álcool e repleto de personalidade. Um vinho forte, presente, marcante, assim como a ária.

Tenho vontade de ter outras experiências enomusicais... Mas como elaborá-las? Penso que cantores com vozes mais intensas, como Nina Simone, por exemplo, merecem vinhos também intensos, encorpados, com várias camadas aromáticas. Uma voz como a de Jack Jonhson, que nos traz a sensação de liberdade, leveza, harmonizaria muito bem com um vinho despretensioso, não? E a voz diferenciada de Bob Dylan? Só posso imaginá-la acompanhada de um vinho elaborado com uma casta bem exótica, pouco conhecida... Ambos estariam favorecendo as nossas novas descobertas.


E para aquele vinho de meditação, quem você escolheria escutar? Assumo, nesse momento eu optaria pelo silêncio!


0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis