Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

domingo, fevereiro 03, 2013

Ja tomou um vinho e sentiu dor de cabeça? Deve ter sido o Dióxido de Enxofre...

A causa mais provável dessa dor de cabeça é, sem nenhuma dúvida, o Dióxido de Enxofre, também conhecido como Anidrido Sulfuroso ou pela fórmula SO2. Ele está em todos os vinhos, em alguns mais, o que causa a dor de cabeça. É utilizado para conservar o vinho, proteger da oxidação, além de ser um desinfetante, com funções antissépticas, e de ajudar a dissolver compostos fenólicos das cascas das uvas, por aumentar a extração e afinar a cor dos vinhos.

Muitos outros produtos alimentares também são conservados com o Dióxido de Enxofre, principalmente sucos, queijos, frutos do mar, frutas secas descascadas e embaladas, muitas vezes, possuem mais SO2 do que o vinho.
                                                 
Muitas vinícolas, descuidadas com a higiene, carregam no enxofre para garantir a saúde do vinho (não a do consumidor).

Na União Europeia, a quantidade permitida varia de acordo com a filosofia do produtor.
Os vinhos convencionais e os vinhos de agricultura biológica (engarrafados antes da legislação de 2012), podem conter até 150 mg/por litro nos vinhos tintos e até 200 mg/por litro nos brancos; a partir de 2012: até 100 mg/por litro nos tintos e até 150 mg/por litro nos brancos.
Os vinhos biodinâmicos certificados pela Demeter, podem conter até 70 mg/por litro nos tintos e até 90 mg/por litro nos brancos.

Os chamados Vinhos Naturais, que são vinhos sem adição de Sulfito, possuem uma quantidade natural de Enxofre, que pode chegar a 30 mg/por litro nos tintos e 40 mg/por litro nos brancos.

Sendo assim, se você sente dores de cabeça quando bebe vinho, prefira os tintos e, de preferência, os Biodinâmicos ou os Naturais.

1 comentários:

Eduardo Sabino disse...

Muito boa a explanação. Ajudou bastante.
Obrigado.

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis