Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

terça-feira, abril 23, 2013

Harmonizando Vinho com Feijoada - Por: Evelyn Fligeri



A queda nas temperaturas faz com que aumente a quantidade de calorias em nossos pratos, não é mesmo? Por isso, o assunto de hoje é a feijoada e a possibilidade de harmonizações com vinhos.
Sempre que se fala em feijoada lembro de uma frase do grande escritor Stanislaw Ponte Preta: “Feijoada só é completa com maca e ambulância na porta.” Ou seja, esse prato, típico da cultura brasileira, que tem sua origem na senzala, é altamente calórico e pesado.
Imaginem harmonizar um prato que tem uma grande diversidade de carnes (quase ortopédico, não? É pé, costela, joelho,...) e temperos em sua composição... Onde eu fui me enfiar, não é mesmo? Baita assunto polêmico esse de feijoada e vinho. Mas vamos lá afinal, nunca deixaremos de beber vinho só porque a harmonização é difícil.
As carnes utilizadas na feijoada aceitam tintos. Mas a gordura final do prato pede um vinho com elevada acidez. O que fazer? Vá de vinhos tintos leves, frescos, mas sem taninos marcados. Ou com espumante. Minha experiência mais bem sucedida nessa harmonização foi com um cava: A acidez nervosa do espumante limpava as papilas gustativas a cada nova garfada! Além disso, as notas de limão e laranja do espumante ajudavam a incrementar a feijoada... Recomendo!
Mas, se a sua feijoada for a branca, o clássico francês Cassoulet, faça como os franceses e prove com um delicioso Malbec de Cahors.


Evelyn Fligeri escreve no blog: http://www.tacaserolhas.blogspot.com.br/


1 comentários:

Eduardo Nunes Cardoso disse...

Olá! Se alguém tiver interesse numa harmonização interessante entre vinho e feijoada, tenho 2 garrafas de um vinho muito sugestivo, o Feijoada & Co. 2008. Maiores informações em edununesc@yahoo.com.br ou 11-97471-1112. Obrigado! Eduardo

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis