Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

sexta-feira, junho 14, 2013

Festa junina combina com vinhos, sim senhor... Por: Evelyn Fligeri


Conta a história que as comemorações juninas surgiram na época pré-gregoriana, em comemoração à fartura das colheitas, no solstício de verão, quando se realizava uma grande festa pagã para agradecer a fertilidade da terra.
E foi com a colonização portuguesa que essa festa chegou até nós... Ainda bem! Sou apaixonada por festas juninas. Quando eu era criança, ia para o sítio de um tio em Campinas e lá eu me divertia horrores: Tinha dança de quadrilha, gincanas, queima de fogos, família reunida, comidas típicas e a certeza de que isso tudo duraria para sempre.
É, infelizmente nada é para sempre e, desse tempo, restaram só as doces lembranças e essa paixão que nutro pelas festas juninas.
E, quando a gente gosta de vinho, nem a harmonização da festa junina escapa, não é mesmo? E olha que eu não estou falando de vinho quente...
É tanta comidinha gostosa, derivada de milho, já repararam: tem canjica, curau, pipoca, pamonha, bolo de milho, caldo de milho, milho cozido. Mas também tem pinhão, cuscuz, batata doce...



Se você, assim como eu, vai organizar o “arraial” em casa, minha sugestão é que você coloque três vinhos no balde de gelo: Um Sauvignon Blanc, com bastante acidez, para harmonizar com a untuosidade do cuscuz, um Chardonnay bem amadeirado para o milho cozido e um Porto Branco para as sobremesas. Eles não formarão harmonizações perfeitas com todos os pratos, mas contemplarão a maioria deles com muito sucesso!

Evelyn Fligeri tem o blog: http://www.tacaserolhas.blogspot.com.br/

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis