Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

segunda-feira, junho 03, 2013

Tudo sobre as regiões francesa - Jura - Parte 9 - AOC Crémant-du-Jura






A AOC Crémant-du-Jura foi criada para identificar os vinhos espumantes elaborados pelo método tradicional na mesma área designada para os vinhos: Côtes-du-Jura, d'Arbois, Château-Chalon e l'Etoile.
Então qual a diferença entre os Mousseux?
A diferença está principalmente na pressão atmosférica. 
Ou seja, trocando em miúdos, a rolha sai com uma força maior nos Mousseux do que nos Créments. Na prática muitos créments têm a mesma pressão atmosférica, mas engarrafam como crément.
No Jura, os Créments ocupam 200 hectares de vinhedos, que podem reivindicar essa AOC, que é mais vendável do que a AOC Mousseux.
Isso se deve a proximidade com dois outros Créments que são mais conhecidos e de boa reputação: Alsace e Bourgogne.
O Clima é semi-continental, e 5 variedades são autorizadas: Trousseau, Poulsard, Pinot Noir, Chardonnay e Savagnin.
Os Brancos significam 90% da produção, o restante é de Rosés.
As uvas conseguem um bom nível de maturação para vinhos espumantes, mantendo a acidez e o frescor.
A AOC exige transporte em caixas e esmagamento de uvas inteiras.
No caso dos Brancos, pelo menos 50% do corte deve ser de Chardonnay.
Normalmente oferecem aromas variados com notas florais e frutas de polpa branca como maçã e ameixa.
Na boca chamam atenção pela cremosidade.
A AOC foi criada em 1995 e desde então a produção cresceu, chegando a 25% da produção do Jura (cerca de 20 mil hectolitros por ano).

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis