Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

quinta-feira, julho 18, 2013

Uma vertical dos vinhos da Agrícola Punica. Os mais novos estavam melhores. De quebra ainda conversei com Sebastiano Rosa



Provei os vinhos da Agricola Punica numa vertical pra lá de interessante.
Vale lembrar que a Agricola Punica pertence ao Sebastiano Rosa, enólogo do grande Sassicaia, da Tenuta San Guido.
Sebastiano e o inigualável Giacomo Tachis, criador dos Supertoscanos, justamente pelo sucesso do Sassicaia, resolveram esticar o braço para a Sardenha.



Os vinhos não poderiam ser diferentes. Nem pela importância da dupla, nem pela Sardenha.
Na escalação os Montessu 2008 e 2009 e os Barrua 2006, 2007, 2008.



No caso do Montessu, as safras são próximas os vinhos parecidos, com muita fruta negra, especiarias, tabaco e uma elegância incrível na boca e taninos bem trabalhados mesmo se tratando de um vinho com predominância da Carignan que tem a casca bem grossa e normalmente se transforma em vinhos bem escuros, concentrados e tânicos.
Gostei mais do 2009 por ter um pouco mais de fruta. Mas é exclusivamente questão de gosto. Os dois devem envelhecer lindamente.
Os dois tem como variedade principal a Carignan (60%), e os outros 40% bem divididos entre: Syrah, Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Merlot.
O Montessu custa 148 reais na Ravin.



A vertical do Barrua foi maior. Em todos os sentidos.
O vinho é grandioso.
Mais uma incrível amostra do terroir da Sardenha e a Carignan.
Nesse caso foram 3 safras: 2006, 2007 e 2008.
Nesse caso a Carignan participa com 85% do corte, mais 10% de Cabernet Sauvignon e 5% de Merlot.
A Carignan nesse caso deu potencia, notas de frutas negras, a Merlot deu elegância e a Cabernet Sauvignon toques de frutas vermelhas e especiarias.
O 2006 ainda tem muita força, mostra que ainda deve ficar melhor e deve demorar para entrar em decadência.
O 2007 bastante frutado, com notas de tabaco.
O 2008 grandioso.
Vivo, equilibrado, elegante.
Vinho concentrado, encorpado, com fortes notas de frutas negras, café, pimenta, cacau e cravo.
Os 3 vinhos passaram 18 meses em barricas francesas.
O Barrua custa 268 reais na Ravin - www.ravin.com.br

Conversei com o Sebastiano Rosa sobre essa paixão pela Sardenha.
Assista:




0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis