Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

sábado, agosto 03, 2013

Duvel, o clássico “demônio” belga Por Alessandro Pinesso*




A importação em larga escala de rótulos importados permite ao brasileiro apreciar diversos rótulos consagrados internacionalmente. Um dos exemplares mais incensados pelos amantes das boas fermentadas é a clássica Duvel, produzida na Bélgica. Reza a lenda que seu nome, que significa “diabo” no idioma flamengo, vem de sua alta graduação alcoólica, 8,5%. 
Muitas cervejas que atingem este patamar etílico são difíceis de beber, mas não a Duvel. No jargão profissional, dizemos que seus 8,5% de álcool são muito bem inseridos, ou seja, o álcool não sobressai no conjunto sensorial da cerveja. Este teor alcoólico é obtido através de uma segunda fermentação na garrafa. No total, são necessários 90 dias para que a cerveja fique pronta. 
Vamos, então, ao que interessa, a cerveja! Antes de mais nada, o ideal é usar o copo correto, como o da foto acima. O ideal é que não seja servida abaixo de 80 C para que suas características sejam plenamente apreciadas. Além disso, é de bom tom deixar a cerveja descansando para que a levedura decante no fundo da garrafa. Ao servir, incline o copo e despeje vagarosamente, e descarte o fundo com a levedura. Com isso, o líquido se mantém transparente e a levedura não interfere no aroma e sabor da cerveja. 
A espuma é branca, abundante e consistente, um show à parte. No nariz, cítrico, um toque de levedura, limão siciliano e lúpulo sutil. O sabor agrega notas amargas, cítricas e adocicadas, num conjunto muito bem balanceado. O impressionante é chegar a esse conjunto sensorial usando apenas água, malte, lúpulo e levedura. Complexa, refrescante e fácil de beber, não é à toa que leva a alcunha de demônio, pois seduz ao primeiro gole e leva à embriaguez sem muito esforço...

*Alessandro Pinesso é sommelier de cervejas formado pela Associação Brasileira de Sommeliers (ABS) e Association de la Sommellerie Internationale e Mestre em Estilos Cervejeiros pelo Instituto da Cerveja Brasil, associado ao Brewers Association dos EUA.

E-mail: pinesso@gmail.com

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis