Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

quinta-feira, setembro 12, 2013

Vinho ou cerveja? Confira os benefícios à saúde da sua bebida preferida

Dos benefícios do vinho à saúde ouvimos falar com certa frequência, que através do resvetrarol, substância com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias encontrada na casca e nas sementes das uvas vermelhas, temos, como principais benefícios, a redução do LDL, conhecido como "mau colesterol" e o aumento do HDL, o "bom", proporcionando a diminuição de riscos de acidentes cardiovasculares e derrames cerebrais.
Outros benefícios potenciais permanecem em estudo, como a diminuição do risco de alguns tipos de câncer, como o de pulmão, de pele e de próstata. 
O consumo diário recomendado é de 2 taças para homens 1 para mulheres.
O resveratrol pode ser encontrado em bons vinhos e em sucos de uva orgânicos.

Além de ser uma opção para driblar o calor, a cerveja, quando consumida moderadamente, tem ótimos benefícios para a saúde. O responsável pelos efeitos positivos da bebida é o lúpulo, planta utilizada para lhe conferir amargor. Ele também é utilizado como composto medicinal no tratamento de insônia, nervosismo, dor de cabeça e falta de apetite. E não para por aí, uma pesquisa comprovou que o lúpulo também possui ação anti-inflamatória.
Segundo a ciência, o lúpulo teria até efeito antiobesidade, sendo eficaz na redução do tamanho das células gordurosas e do acúmulo de gordura no fígado e melhora na intolerância à glicose, contribuindo para evitar o desenvolvimento de diabetes; reduzir a cicatriz no coração provocada por um infarto agudo do miocárdio e na regulação do desenvolvimento da esclerose.
A quantidade diária considerada segura para consumo é de 500 ml para homens e 200 ml para as mulheres. Com essa quantidade diária, a cerveja pode proteger o coração, prevenir alguns tipos de câncer e ainda fortalecer músculos. 
A cerveja não alcoólica também é benéfica e, provavelmente, outras bebidas produzidas à partir da fermentação de componentes naturais, como o vinho, podem causar benefícios semelhantes.

Lembrando, bebidas alcoólicas podem ser consumidas por adultos, adolescentes e grávidas não devem ingerí-la.

Saúde!

Fontes: Centro de Pesquisa Cardiovascular de Barcelona, Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo


0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis