Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

domingo, dezembro 15, 2013

Raventós não produz mais cavas...

A famosa casa Raventós, da Espanha, sempre conhecida pelos espumantes, abandonou a denominação Cava.
Os espumantes virão com a denominação Conca del Riu d'Anoia.
O caso fica mais grave quando lembramos que a família Raventós foi a primeira a comercializar seus espumantes com o nome Cava, em 1872.
Um século e meio depois, eles deixam a denominação.
Pepe Raventós declarou, em Nova York, que a denominação Cava está morta e que atualmente só se preocupam com volume, esquecendo a qualidade, por isso o preço dos vinhos caiu.
Ele também declarou que as regras da Denominação são muito brandas.
denominação Conca del Riu d'Anoia foi criada pela Raventós.
E o nome Conca del Riu Anoia é justamente a região dos primeiros vinhedos da Raventós, que viraram pioneiros da Denominação Cava.
A própria Raventós criou normas severas, como a produção com apenas 3 variedades: Xarello, Macabeu e Parellada, que devem ser de uma única colheita e escrita no rótulo.
Na nova denominação, todos devem praticar agricultura biológica, e, de preferência, biodinâmica.
Pelo menos, metade das uvas devem ser da propriedade e os produtores não podem adicionar o suco de outros vinhedos.
Pepe Raventós acredita que 300 produtores estejam dentro da denominação e 5 estão em conformidade com as regras.
Entre estes, 10 estão classificados na denominação Cava.
Para fazer parte da nova denominação, terão que assinar o compromisso e também, como fez a Raventós, não usar mais a Pinot Noir.
Pepe Raventós disse que apenas a Suécia não fez pedidos por causa da nova denominação.
































0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis