Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

sábado, abril 05, 2014

Giles e os melhores lugares do mundo - conto


Vou falar de um francês, mas poderia muito bem ser um italiano ou um português. Observei em pessoas destes 3 países (se souber de mais algum me avise) a mesma característica: todos sabem onde encontrar o melhor do mundo.
Giles é magro, alto e elegante. 

Tem a sinceridade como meta. 
É apaixonado por vinhos, queijos e tudo que possa deixar a vida mais agradável e interessante, afinal como disse Philippe Noiret: "a viagem é curta, é preciso percorrê-la em primeira classe". 
Caminhava com Giles a procura de bons queijos para trazer ao Brasil. 
Entrei na primeira loja, olhei para o rosto do frances e percebi na hora a reprovação. 
Ele já havia me falado da loja de monsieur Lambert, mas estavamos longe. Fomos para a segunda loja e Giles só faltou espantar toda a freguesia de tanto que reclamou dos queijos. 
Precisamos ir ao Monsieur Lambert, repetia. 
Entramos na terceira loja e foi a gota d'água: Giles fois expulso do estabelecimento. 
Bem é hora de não contrariá-lo. 
Fomos direto a Monsieur Lambert, um senhor de barba branca, barriga saliente e um sorriso engessado no rosto. 
Provei os queijos como nas outras lojas, e confesso, não percebi diferença alguma. Alguns eram dos mesmos produtores.
Giles repetia: fantastique!!! Super!!!
Giles seguiu os conselhos do pai, que seguiu os conselhos do avô, que seguiu os conselhos do bisavô e eu vou fazer o quê? Segui os conselhos de Giles.
Depois disso Giles perguntou se iriamos comprar vinhos em um caviste amigo. 

Respondi de primeira: É melhor deixar pra outro dia!

 

1 comentários:

Wan ialogia disse...

... digo mais, pouco importa se o Giles é alto magro, elegante, se é francês ou afegão: o Giles é o tipo de pessoa que todo mundo quer por perto, sem "deixar pra outro dia" :)
beijos, parabéns, me amarro em seus contos.

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis