Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

quinta-feira, maio 22, 2014

Provei o Freixenet brasileiro e conversei com o enólogo José Antonio Montilla sobre o potencial brasileiro


Ontem provei o Freixenet brasileiro, feito em parceria com a Miolo.
O espumante é bom, fresco, boa cremosidade.
Passou 10 meses em contato com as leveduras, o que não foi suficiente para deixar aparecer com mais força as notas de panificação. Elas estão lá, mas as notas cítricas e o frescor predominam.
Uma opção dos enólogos, que agrada muita gente.
É um espumante muito bom.
Diferente das cavas, esse Freixenet é de Chardonnay e Pinot Noir e feito na Serra Gaúcha, Made in Brazil...
Preço: cerca de R$ 45,00
Nota: 88/100
Conversei com o enólogo da Freixenet José Antonio Montilla:

2 comentários:

justiça.contra.picaretas disse...

Nap gostei. ..achei muito ácido!

Beto Duarte disse...

A acidez alta é uma das qualidades mais esperadas em um espumante.
Ela deu o frescor para esse espumante. Gostei.
Mas gosto é gosto né?
Isso é o que mais vale.
Obrigado pelo comentário.
Abraços
Beto

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis