Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

terça-feira, maio 27, 2014

Provei os grandes vinhos Beronia, da Rioja e fui surpreendido com o grandioso Gran Reserva 1982


Só o fato de provar os Beronia já seria muito bom, provar com o enólogo Matías Calleja Ugarte, que pouco deixa a Rioja, melhor ainda.
O primeiro fato interessante, foi ele mesmo que me contou.
A Beronia foi pioneira no uso de barricas mistas com madeiras de carvalho francês e americano na mesma peça.
Veja a entrevista com o Matías:




Começamos a prova com o Beronia Blanco Viura 2012 Fermentado em barrica.


No nariz média intensidade aromática.
Limpo.
Notas florais, pêssego e ervas aromáticas.
Na boca é cremoso, tem corpo médio, boa acidez, notas cítricas e manteiga.
Textura interessante, untuosa.
Final médio/longo.
Preço: 69 Reais.
Nota: 89/100



Começamos a provar os tintos com o Crianza 2010.
No nariz boa intensidade aromática.
Notas de frutas vermelhas, alcaçuz, coco e canela.
Na boca tem bom corpo (médio), equilíbrio, acidez, e taninos macios, com txtura aveludada.
Preço: 81 Reais.
Nota: 89/100


O Beronia Reserva deu um belo salto de qualidade.
Talvez seja um dos grandes vinhos com relação custo/qualidade do mercado.
No nariz tem boa intensidade aromática.
Notas de frutas vermelhas, framboesa, figo, canela, cravo, alcaçuz, baunilha, chocolate...
Na boca é elegante, potente, tem os taninos finos, textura granulada, macio.
É um vinho onde a madeira está muito bem trabalhada, muito bem integrada.
No final de boca, notas de chocolate, coco....
Final longo.
Preço: 109 Reais.
Nota: 93/100


O Gran Reserva 2006 é (como esperado) ainda mais complexo.
No nariz é intenso, limpo.
Notas de compota de frutas vermelhas, chocolate, café, terra, alcaçuz.
Na boca é encorpado, elegante, tem boa acidez, taninos finos e um equilíbrio perfeito.
A textura é suave e o vinho incrivelmente jovem.
Final longo.
Preço: 198 Reais.
Nota: 95/100


A foto acima mostra o Gran Finale.
Quando Matías disse que tinha um presente que foi trazido na mala, confesso que pensei num Jerez, já que o grupo produz o Tio Pepe.
Mas ele foi além.
Trouxe um vinho de 32 anos.
O Beronia Gran Reserva 1982.
Segundo Matías, vinhos como esse "debe ser mantenido entre algodones..."
Um privilégio desfrutar da história da Beronia.
No nariz notas de compota de frutas vermelhas, couro, alcaçuz, chocolate.
Na boca ainda mostra boa acidez, equilíbrio excelente, elegância...
Matías deu mais uma dica: "...Este vino es como una bailarina, parece frágil pero es fortissimo."
Vinho com bom corpo, taninos finos, macios...
Final longo.
Nota: 95/100
Não está à venda.
Os vinhos da Beronia são importados pela www.inovini.com.br

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis