Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

quarta-feira, setembro 10, 2014

220 mil garrafas de Brunello e Rosso contrabandeadas foram apreendidas pela "policia federal" italiana em Siena




Em dinheiro isso significaria cerca de 1 milhão de Euros.
A Guardia di Finanza de Siena, apreendeu mais de 160 mil litros de vinhos, ou 220 mil garrafas contrabandeadas numa operação conjunta com o Consórcio Brunello di Montalcino.
Um consultor foi processado por fraude, falsificação e por ter entrado em um sistema de computador sem autorização.
Segundo a acusação, o homem, assistido por colaboradores e com diferentes funções na cadeia de abastecimento, seria capaz de comercializar vinhos de má qualidade como sendo Brunello e Rosso di Montalcino.
Graças a um alerta do Consorzio del Vino Brunello di Montalcino, o Ministério Público e da polícia das finanças a frande foi descoberta.
Os vinhos eram uma ameaça real a imagem de um dos mais famosos vinhos DOCG do mundo.
Os conhecimentos de informática especiais do fraudador  permitiu-lhe também invadir o sistema de "home banking pessoal  de dois empresários tentando transferir fundos para o seu nome em bancos estrangeiros.
O homem está sujeito à medida cautelar de proibição de residência na cidade de Montalcino. 
Além disso, em relação a ela foi ordenada a apreensão de ativos financeiros adquiridos através dos golpes perpetrados, até € 350.000 a título de lucro do crime hoje quantificados provisoriamente.

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis