Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

terça-feira, abril 14, 2015

Provei e aprovei a nova linha de espumantes Aurora Procedências, mostrando terroirs da Serra Gaúcha



Pra começar os rótulos e as garrafas são bonitos, modernos e ao mesmo tempo remetem a tradição.
O que faz falta é explicar a procedência, já que o nome se refere a isso.
No site da vinícola eu achei a explicação: O Brut é feito com uvas de Lajeadinho, o Pinot Noir (branco)  também Brut, com uvas de Tuiuty e o Rosé Brut com uvas Riesling Itálico de Monte Belo do Sul e Pinot Noir de Tuiuty.
Os vinhos foram elaborados pelo método Charmat longo, que deixa os vinhos em maior contato com as leveduras trazendo mais complexidade e notas principalmente de panificação, brioche, pão torrado, etc...



O Brut Chardonnay (que seria um Blanc de Blancs) tem as borbulhas finas, barulhentas e rápidas.
No nariz é limpo, tem uma intensidade aromática média, combina muito bem notas de pêssego, damasco e as notas do contato longo com as leveduras.
Na boca é seco, a acidez (média+) dá um bom frescor, o corpo é médio, o álcool quase imperceptível (médio-) e uma intensidade aromática muito boa.
Notas de pão na chapa com manteiga, amêndoas, brioche e um toque cítrico.
Boa cremosidade.
Final médio.
Nota: 87/100
Preço: 42 reais
Relação preço/qualidade: 5/5


O Brut Pinot Noir (que seria um Blanc de Noirs, pois o vinho não fica em contato com a casca, portanto é branco, elaborado com uma uva tinta), é limpo, média intensidade aromática, mas boa complexidade. Mostra notas um pouco mais cítricas e até uma leve lembrança de frutas vermelhas. Também traz os aromas de brioche, pão torrado, aquele cheio de padaria logo que o pãozinho sai do forno.
Na boca é seco, tem corpo médio+, álcool no mesmo nível do anterior, quase imperceptível na boca, acidez trazendo frescor, fazendo a boca salivar e dando vontade de tomar mais (médio +).
Os aromas de frutas e leveduras se repetem na boca.
Boa cremosidade.
Final médio/longo (médio+)
Nota: 88/100
Preço: 42 Reais
Relação preço/qualidade 5/5

O Brut Rosé foi o que mais me impressionou.
As borbulhas lembram os espumantes anteriores. Finas, rápidas, barulhentas...
No nariz é limpo, intensidade aromática média, mas com boa complexidade.
Notas de morango, pêssego, brioche, amêndoas, pão com manteiga e uma nota mineral.
Na boca é seco, boa cremosidade, acidez média+, corpo médio+, álcool quase imperceptível (médio-), notas de framboesa, pão torrado e muito frescor.
Final médio/longo (médio+).
Nota: 89/100
Preço: 42 Reais
Relação preço/qualidade: 5/5



0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis