Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

terça-feira, junho 23, 2015

Clos de la Vieille Eglise 2002 - Pomerol - França



Esse vinho com 13 anos mostra o quanto pode melhorar um bom vinho bordales com o tempo.
Não foi um vinho com pontuações fantásticas na juventude, mas tenho certeza que quem provar esse Clos de la Vieille Eglise hoje vai se surpreender.
É um Pomerol com a Merlot (70%) predominando e a Cabernet Franc (30%) como coadjuvante.
A cor não entrega a idade. Rubi, profundo com lágrimas e um leve reflexo granada.
No nariz é limpo, tem boa intensidade aromática (média+), notas de frutas vermelhas e negras maduras, chocolate café, ameixa preta... Complexo. Vinho em evolução.
Na boca é seco, corpo médio+, taninos (quantidade média) extremamente macios, acidez média+, álcool médio, intensidade de sabor média+.
Gosto de mocaccino, geleia de amora, leve baunilha, couro e noz moscada.
Final longo.
Deve se manter assim por mais uns 5 anos e talvez evoluir um pouco.
Persistência longa.
Um super vinho!!!
Nota: 93/100


A foto é da garrafa que acabou rapidamente no restaurante do Hotel Les Sources De Caudalie, que pertence ao Chateau Smith-Havt-Lafitte e é um lugar pra lá de espetacular.
O produtor Jean-Louis Trocard exporta para o mundo todo sem intermédio de negociantes. Procura um importador exclusivo no Brasil.
O vinho na França custa 60 Euros.

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis