Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

sexta-feira, outubro 02, 2015

Mais uma constatação de arsênico nos vinhos dos Estados Unidos



Segundo publicação de ontem do site The Drink Business, quase todos os vinhos tintos produzidos nos Estados Unidos contém arsênico em quantidades acima do limite permitido na água potável por exemplo.
O limite existe porque o arsênio é um elemento natural que é tóxico para os seres humanos, que pode causar cancer, mas que está na natureza.
Nos Estados Unidos por exemplo,  é permitida a quantidade de 10 partes por bilhão na água potável.
Numa análise de 65 marcas de vinhos tintos produzidos nas regiões da Califórnia, Oregon, Nova York e Washington, mostrou que todos tinham arsênio acima do tolerado, chegando a 24 partes por milhão, mais que o dobro do limite.
O arsênio está nas rochas, que com a corrosão causada pelo vento, chuva ou rios, acaba se espalhando e contaminando o solo e água.
O veneno vem do solo.
O estado de Washington apresentou os maiores níveis (28 partes por bilhão) e o Oregon o menos nível (13 partes por bilhão).
É importante ressaltar que nada foi adicionado ao vinho, o arsênio está no solo das regiões vinícolas.
Em Março deste ano, aqui mesmo no Papo de Vinho, já havia uma análise parecida.
http://www.papodevinho.com/2015/03/denuncia-vinhos-contaminados-com.html


Fonte: http://www.thedrinksbusiness.com/2015/10/us-red-wine-contains-high-levels-of-arsenic/

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis