Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

quinta-feira, maio 05, 2016

Feira Alimentaria - Edição dos 40 anos (Barcelona) - Parte 1 - Por Bruno Airaghi








A tradicional feira de alimentos e bebidas completa 40 anos, sendo esta edição
histórica realizada (25 a 28 abril) na envolvente cidade de Barcelona (Espanha).
Situada nas novas instalações na Gran Via , foram ali montados 6 pavilhões englobando
produtores locais como estrangeiros, formando um leque completo de
atrações e opções em termos de produtos alimentícios e bebidas destiladas e
fermentadas bem como sucos e lácteos.
A feira registrou a presença de 157 países , 16 países a mais que a versão
anterior sendo que 32% eram internacionais . Em termos de público calcula-se
algo como 140.000 pessoas, destes 44.000 estrangeiros eram provenientes de países europeus como: Italia, Reino Unido, Portugal e Países Baixos, relevante também presença dos
Estados Unidos e Canadá.
De acordo com o Diretor Geral da Alimentaria Exhibitions ;" a um grande
interesse na exportação de azeites e vinhos considerados como produtos gourmet
e delicatessen".
Os mercados de língua espanhola se apresentam como interessantes clientes a
exemplo da Colombia , Mexico , Chile e Peru como destaque.
Outro dado relevante foram listados 4000 expositores e calcula-se realização de
11.200 reuniões de negócios durante os 4 dias da exposição.
Entre os estrangeiros haviam 800 compradores especialmente convidados pela
organização - uns 62% acima que a edição 2014.
Como resultado no final da feira houve doação de 22 toneladas de produtos
(alimentos /bebidas) que seguiram para o Banc d'Aliments, prestando assim um
serviço as pessoas necessitadas da comunidade.
Entre as várias atrações , tive a oportunidade de assistir uma palestra com Rafael
Ansón da Real Academia de Gastronomia de Madrid , dividindo espaço com Albert
Adriá.
O futuro da gastronomia foi o tema exposto com a grandeza e reflexão que merece.
Em síntese a gastronomia do século 21 baseia-se em buscar harmonia com satisfação.
Até os anos noventa a gastronomia contava sobre os pilares do : saudável ,
solidariedade, satisfação e sustentável.
Ressalta que é importante manter o tema familiar com melhores sabores , indo ao encontro
do ecológico , orgânico.
Tentar buscar esta harmonia entre os elementos.
A Espanha a exemplo de outros países, tem um dado importante quanto a gastronomia, 25% do PIB se relaciona com este tema, dentro do Turismo é uma das finalidades mais valorizadas em uma viagem de turística. Induz a um numero perto de 7,5 milhões de pessoas de tem esta finalidade como
prioridade.
Isto acarreta a maior competividade, por isso o século 21 é dos empreendedores do setor gastronômico, tratada aqui como "indústria da felicidade".
Na sequência Albert Adrià (46) do famoso Bulì, conhecido mundialmente pela inovação.
Este é o empreendedor clássico da gastronomia com uma série de locais a saber em 2006 o Enópias no conceito "GastroBar" o qual teve um êxito global.
Tickets - um monstro, Pacta - nikei mais peruano outro sucesso de médio prazo, Bodega 1900 folclórico para 135 pessoas/dia, um bar de tapas (Templo do produto) com projeto de ampliação. Depende do movimento de estrangeiros que por vezes sofre um pouco, Barri uma outra novidade e em Junho é a vez do Novo Bulí, o qual trabalha no projeto há 2 anos.
Ao redor de 6 restaurantes que o mesmo encerrou dizendo que espera se divertir por
muito tempo ainda.

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis