Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

terça-feira, junho 28, 2016

Aurora comemora 85 anos com bons vinhos e muita história




É uma bela história.
Uma cooperativa que completa 85 anos num país onde o consumo de vinho ainda é tão baixo, onde o povo sempre dá prioridade para o que vem de fora e quando começa a pensar que entende um pouco do assunto o preconceito com os produtos brasileiros cresce ainda mais.
Quem consome vinho há bastante tempo, lembra de rótulos da Forestier, da Almadén, da Baron de Lantier, Chateau Duvalier que está até numa música do antigo grupo Joelho de Porco, e... Aurora (Marcus james.
A Almadén hoje pertence ao Grupo Miolo, a Forestier está voltando ao mercado, a Martini & Rossi, que controlava as marcas Baron de Lantier e Chateau Duvalier saiu do mercado.
Mercado duro, que muitas vezes desanima.
Esses italianos que chegaram na Serra Gaúcha fizeram o vinho brasileiro acontecer.
Hoje vejo o preconceito caindo aos poucos (bem devagar) e o consumo ainda engatinhando.
Mas a Aurora segue firme.
Ainda bem.



A cooperativa de bento Gonçalves (RS) que começou com 16 famílias em 1931 hoje é uma família com 1100 produtores.
São muitos rótulos, nem sou capaz de contar.
Sei que ontem provei vinhos muito bons.



O Millésime Cabernet Sauvignon 2012 (a foto é do 2011), mantendo o equilíbrio as notas de frutas vermelhas, chocolate, baunilha e coco.
Pssou 1 ano em barricas.
50% do vinho, carvalho americano e a outra parte em carvalho francês.
Corpo médio, taninos bastante macios e boa acidez.
persistência média.
Nota: 89



O Pinot Noir Pinto Bandeira 2014 com estilo bem frances, mostrando notas de framboesa, morango, alcaçuz e couro.
Equilibrado e elegante.
Na boca é seco, corpo médio, taninos macios, boa acidez, sabor intenso principalmente das frutas vermelhas e boa persistência.
Nota: 90



E conheci o vinho comemorativo dos 85 anos.
Um corte de Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Merlot.
Corte típico bordalês com uvas da safra de 2014.
Passou 10 meses em barricas de carvalho francês e americano.
Com notas cassis, amora, tabaco, café, baunilha e cacau.
Na boca é seco, tem corpo médio+, taninos macios, boa acidez e equilíbio.
Vinho jovem, boa persistência.
Belo vinho.
Nota: 90

Parabéns, Aurora!!!


2 comentários:

Débora Ribeiro disse...

Valeu, Beto Duarte. Obrigada por nos prestigiar com sua presença e seus comentários, de quem conhece e aprecia com a alma os bons vinhos, a sinceridade e a qualidade que há por trás de cada rótulo, independente de sua origem. Parabéns pelo seu trabalho.

Beto Duarte disse...

Eu que agradeço, Débora!
É bom ter uma leitora como você.
Beijo
Beto

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis