Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

sábado, novembro 12, 2016

Dolcetto d'Alba 2014 - Enzo Boglietti - La Morra - Piemonte - Itália






A vinícola é familiar, tem 22 hectares e produz cerca de 100 mil garrafas contando todos os rótulos.
São 17 rótulos, ou seja, produção muito pequena.
Só de Barolos, são 6 rótulos.
desse Dolcetto, que pode ser considerado o vinho de entrada da vinícola, foram cerca de 10 mil garrafas.
100% uva Dolcetto
No nariz o vinho já mostra que não é um simples Dolcetto.
Existem dolcettos simples, despretensiosos, que muitas vezes acompanham bem uma pizza e não vão muito além disso.
Esse não.
É um vinho que na primeira impressão já mostra uma intensidade aromática muito boa, com notas de cereja, ameixa e um toque floral bastante interessante.
Por 9 meses, uma parte do vinho passou por barricas usadas e outra parte ficou no tanque de aço inox.
Na boca é seco, corpo médio, taninos bem presentes, mas com uma textura macia e boa dupla com a acidez, que é média, mas na medida exata para dar frescor.
O sabor é intenso, as frutas se repetem mas trazem junto um toque de pimenta preta e ameixa seca.
A sensação alcoólica é média (tem 13%) e a persistência é acima da média.
O vinho ainda deve evoluir pelos próximos 3 a 5 anos.
Provavelmente o melhor Dolcetto do mercado.
Nota: 90
Preço: 170 reais
relação preço/qualidade: 3/5
Distribuidor: Casa do Porto - www.casadoporto.com
Escrevi sobre esse vinho por ser o mais barato da vinícola, mas provei 2 barolos, 1 espumante brut rosé e um Barbera. Todos de excelente qualidade.

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis