Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

quarta-feira, dezembro 14, 2016

Château Pontet-Canet 2015 - Grand Cru Classé Pauillac.





Quem assistiu o vídeo e viu a Mélanie Tesseron tirar o vinho de uma meia garrafa, depois um decanter e por fim a taça.
O vinho tinha sido retirado da barrica, pois ainda não estava sendo comercializado.
Quem já provou um vinho saído da barrica sabe que alguma coisa pode estar faltando em termos de amadurecimento, harmonia entre os aromas, maciez de taninos, entre outras coisas.
Não era o caso deste vinho, que pra mim estava pronto, perfeito para o mercado e com qualidades surpreendentes.
A cor era rubi intensa, no núcleo e na borda.
No nariz, limpo, intenso. Prevaleciam as notas de frutas negras (ameixa preta), alcaçuz e um toque quase imperceptível de madeira.
Obviamente jovem.
Na boca é que o vinho mostra que é grande (muito grande).
É seco, com taninos extremamente macios, mas em quantidade suficiente para junto com a ótima acidez e tantos outros fatores, levar o vinho para uma vida longa.
O álcool é quase imperceptível, é encorpado mas longe de ser enjoativo. Dá aquela sensação de todos os grandes Bordeaux, de que o vinho é ao mesmo tempo extremamente macio e elegante e extremamente potente.
O sabor é intenso, repetindo as frutas negras sentidas na boca, com um toque especial de cassis e o alcaçuz de novo mostrando a cara.
A persistência é aquela que todo amante do vinho sonha.
Muito longa.
Vinho para guardar pelo menos 10 anos (eu gosto dos grandes Bordeaux com 10 anos, quando eles normalmente ainda mostram bastante fruta, mas já apresentam algum bouquet provocado pelo envelhecimento).
Qualidade excelente.
Nota: 95
Preço do 2011 na importadora Grand Cru: 1730,00 reais.


0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis