Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

sábado, fevereiro 25, 2017

Cientistas se reúnem na Europa para que todo o bloco (UE) considere o vinho alimento.





Para os cientistas reunidos, o vinho é um elemento saudável da alimentação.
A reunião foi promovida nos dias 16,17 e 18, pela FIVIN (Fundación para la Investigación del Vino y la Nutrición), em La Rioja (Espanha).
Profissionais da ciência e da medicina apresentaram as mais novas pesquisas sobre os benefícios do vinho para a saúde.
No encontro, chamado Wine & Health, estavam 36 especialistas de diversos países, como Estados Unidos, Austrália, França, Itália, Alemanha, África do Sul e Reino Unido.
Entre as conclusões, destacaram o consumo moderado de vinho como proteção contra a diabetes, doenças que deterioram a capacidade cognitiva e proteção do intestino.
Além de proteger o sistema cardiovascular, proteger contra o câncer, contra o Alzheimer e contra a obesidade.
Os cientistas também destacaram, que o consumo diário é muito mais eficiente que o esporádico, sempre lembrando é claro que as pesquisas tratam de consumo moderado.
Também estavam presentes membros da Wine in Moderation, Organización Interprofesional del Vino Español, Federación Española del Vino e Fundación Dieta Mediterránea.
Entre a comunidade científica, estavam a Universidade de Barcelona, o INSA instituto de pesquisa em nutrição e segurança alimentar, o Centro de Investigación Biomédica en Red e a equipe de Fisiopatologia da Obesidade e Nutrição do Instituto de Saúde Carlos III.
A presidente do comitê científico foi a Dra Rosa María Lamuela, do Departamento de Nutrição, Ciências da Alimentação e Gastronomia, e da Faculdade de Farmácia e ciências da alimentação da Universidade de Barcelona.
O principal objetivo da reunião é o reconhecimento do vinho como alimento em toda a União Europeia.

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis