Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

quarta-feira, maio 23, 2018

Francisca Van Zeller falou com exclusividade para o Papodevinho. Avaliei o Rufo e o Vinha da Francisca.





A Francisca é uma mulher inteligente que estudou história, jornalismo e enologia.
A enologia talvez ela nem precisasse estudar.
Cresceu entre os vinhedos da família, é nome do vinhedo mais fantástico da quinta, é filha, do Douro e do Cristiano Van Zeller, um Douro Boy que tem seu nome sempre relacionado a vinhos de altíssima qualidade.
A Quinta Vale D. Maria foi em parte vendida para a Aveleda, que é de propriedade de um outro ramo da mesma família.
A direção dos vinhos continua a mesma e com as mesmas pessoas envolvidas como acionistas e com uma garantia de qualidade que obviamente a Aveleda não abriria mão.
A conversa com a Francisca flui como se não existisse uma câmera. Como deve ser e nem sempre é.
Assista:





Provei os vinhos que obviamente já conhecia e que também obviamente sempre me surpreendem.
Destaquei dois vinhos.





O Rufo 2015 é o vinho de entrada, que custa pouco menos de 100.
Elaborado com vinhas velhas, com as castas misturadas no vinhedo (Touriga Franca e Touriga Nacional), com idades entre 5 e 35 anos.
Para quem não sabe, as vinhas velhas produzem menos cachos, por isso, concentra toda a energia da produção para produzir menos e melhores uvas, com mais concentração.
Esse vinho passa cerca de 1 ano em barricas de carvalho francês novas e usadas, além de um tempo em cubas de aço inox.
No nariz o vinho não é marcado pela madeira.
A fruta aparece com mais força e as notas amora, cereja, violeta e um leve toque de grafite ficam acima de um toque tostado, que veio do estágio em barrica.
Na boca é seco, tem corpo entre o médio e o encorpado e os taninos muito macios, com excelente textura.
Tem boa acidez, bom equilíbrio e persistência.
Nota: 90
Preço: 99 reais.
Importador: http://www.interfood.com.br/




O Vinha da Francisca 2013 (não podia deixar de falar dele), é um vinho cheio de qualidades.
Também é uma vinha velha com uvas de diversas variedades, todas misturadas, colhidas e vinificadas juntas.
Tem Tinta Francisca, Touriga Franca, Sousão, Rufete e Touriga Nacional.
Passou 22 meses em barricas francesas (50% novas).
No nariz o vinho já dá os sinais de que é muito acima da média.
Ameixa, grafite, chocolate e tabaco.
Na boca é encorpado, tem os taninos aveludados, muito finos e envolventes.
Boa acidez, álcool equilibrado, sabor intenso repetindo as notas sentidas no nariz acrescentando uma nota de torrefação que lembra café ou cacau.
Um vinho muito agradável de tomar, daqueles que se toma a garrafa inteira sem perceber.
Nota: 95
Preço: 895 reais.
Importadora: http://www.interfood.com.br/

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis