Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

sexta-feira, agosto 03, 2018

Garrafa de linho e resina de árvore parece o Chianti da palhinha, mas é alta tecnologia sustentável.




Parece a velha garrafa de Chianti com aquela palhinha em volta, mas não é.
É o trabalho da empresa Green Gen Technologies de Toulouse (França), no projeto chamado por eles de "Uma geração verde".
A garrafa se chama GreenGenBottle.
Enquanto assistimos o mundo sendo destruído em nome de lucros absurdos a tecnologia consciente lança alternativas.
O vidro das garrafas é lindo, mas é o material mais caro para ser reciclado. Não interessa a ninguém.
Tentei várias vezes doar as garrafas usadas no Encontro de Vinhos, que é uma feira que organizo, mas nunca tive um interessado.
Vão todas para o lixo.
Outro dia ví uma reportagem sobre a reciclagem do vidro para a produção de bolinhas de gude.
É muito pouco.
A bolinha de gude está em extinção pelo simples fato das brincadeiras juvenis estarem monopolizadas pelo uso da tecnologia da internet, que eu mesmo estou utilizando nesse momento para passar essa informação.
A garrafa verde, é feita com linho e resina de árvore. Zero Vidro.
A resistência é infinitamente maior, inquebrável numa queda simples.
Cabe em todas as linhas de engarrafamento.
Aguenta a temperatura, pressão, umidade e até 60% de teor alcoólico.
O peso da garrafa é de 190 gramas, muito mais baixo do que o mínimo de 300 e máximo de 1 kg da garrafa tradicional.
Biodegradável a partir do momento que for esmagada.
A emissão de carbono será próximo de valores negativos.
A empresa precisa de 2 milhões e meio de Euros para produzir o mesmo número de garrafas por ano.
Eu vejo algumas desvantagens, como a segurança sobre o tempo de duração, o preço, que se nos basearmos no valor informado para produção a garrafa seria cara para o produtor, que certamente utilizaria para vinhos de entrada de gama, pelo menos por enquanto e a própria imagem da garrafa.
Mas se a garrafa ajuda a diminuir as agressões que fazemos diariamente ao nosso planeta, já vale muito a pena.


Fontes: 
Agence France Presse
La Revue du Vin de France
Vitisphere.com

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis