Noticias, Entrevistas, Informações, Opinião
Tudo sobre o mundo do vinho!

quinta-feira, agosto 30, 2018

Lingal 2018 - Rosé - Chile - O melhor rosé do novo mundo que provei até hoje.






É interessante o que está acontecendo com os rosés na América do Sul.
Antes apresentavam uma coloração forte, parecia a cor de um Clairet (veja vídeo sobre o Claret de Bordezux https://www.youtube.com/watch?v=2yoXOUxu06c) sem ser um clairet, apresentando um vinho sem nenhuma identidade.
Pouco a pouco os rosés vão ganhando a cor ideal, os aromas ideais e a qualidade ideal se levarmos em conta a capital mundial dos rosés, que é a Provence, na França.
Claro que todo mundo que se propõe a produzir um vinho rosé fica com os olhos virados para a Provence.
O resultado está aparecendo.
No ano passado, em outubro, provei o rosé da Garzon, elaborado com a Pinot Noir.
Um super rosé com uma qualidade que eu ainda não havia provado no novo mundo (veja o post: http://www.papodevinho.com/2018/02/os-vinhos-da-garzon-mostram-um-uruguai.html).
Ontem provei pela segunda vez, mas pela primeira vez devidamente rotulado e oficialmente lançado ao mercado, o Lingal, da Perez Cruz.
É um Rosé chileno com cor, aroma e complexidade de Provence.
As variedades de uvas são as mesmas da Provence (Grenache e Mourvèdre).
A cor é maravilhosa. Rosé claro, entre o rosé pálido e o salmão.
No nariz, as ervas aromáticas que os franceses chamam de garrigue, tuti fruti, morango...
Na boca é seco, extremamente fresco, com uma excelente acidez e equilíbrio.
Sabor intenso com uma nota salina e repetindo os aromas sentidos no nariz.
Tem poucos taninos e um final longo.
É complexo e refrescante.
Para beber jovem.
O importador em São Paulo ainda não recebeu os vinhos, mas garante que chegam dentro do mês de setembro.
Importador em São Paulo: Folks
Nota: 92
Preço: 70 reais

0 comentários:

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | hospedagem ilimitada gratis